Escolha uma Página

Clínicas médicas: o ambiente está diferente após a quarentena

Com a retomada das consultas presenciais, as clínicas médicas precisam oferecer segurança ao paciente.

Assim, desde o momento do agendamento da consulta, ele precisa ter a sensação de estar seguro, como estava em casa, durante a quarentena.

A orientação aos pacientes com sintomas de resfriado, gripe e alergia para que fiquem em casa permanecerá válida, sendo-lhes oferecida a opção da teleconsulta.

A limitação de apenas um acompanhante para cada paciente se manterá relevante.

É preciso assegurar atendimento preferencial e especial a idosos, hipertensos, diabéticos e gestantes, portanto, se necessário, defina dias e horários específicos para esses grupos.

Mudanças nas clínicas médicas

Na hora da retomada do atendimento presencial, preceitos importantes do Design Baseado em Evidências devem ser observados.

A recepção está diferente.

Se há lugar para mais de duas funcionárias, elas deverão estar pelo menos a dois metros de distância, sem manterem contato direto entre si ou com o paciente.

A sala de espera também precisa ser reconfigurada para transmitir segurança.

Assim, recomendamos manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar-condicionado limpos e manter pelo menos uma janela ou portão abertos.

O antigo espaço kids acabou, pois os livros infantis e o material para colorir tinham uso comum.

A higienização da clínica deve ser redobrada, pois o paciente deve perceber a limpeza, a desinfecção e os cuidados o tempo todo.

Orientação da especialista

Para auxiliar o médico a preparar a sua clínica para receber o paciente, na pós-quarentena, conversamos com uma arquiteta especializada em saúde.

Ana Paula Naffah Perez é arquiteta, diretora comercial da C+ A Arquitetura para Saúde, empresa que atua há 20 anos no Brasil e no exterior desenvolvendo projetos para as maiores redes de saúde do mercado.

Confira o que Perez diz a respeito da ambientação das clínicas, segurança do paciente, ergonomia do home office, dentre outros temas muito relevantes, em tempos de pandemia.

Veja também em News…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Oi, posso te ajudar?