Escolha uma Página

Como planejar a aposentadoria do médico?

Na segunda live do Movimento #GoDigitalDoctor, conversamos sobre a aposentadoria do médico com a Dra. Marcia Bonorino, advogada com especialização em Direito Previdenciário e Previdência Privada.

Planejar a aposentadoria implica em planejar a própria carreira: é preciso ser especialista? É preciso contribuir com o INSS? É preciso investir na aposentadoria privada? É preciso fazer um ROI Previdenciário?

Na área da Saúde, alguns profissionais ainda não conhecem todos os seus direitos garantidos por lei.

A aposentadoria especial é um dos direitos que muitos desconhecem.

Ela é concedida a profissionais que sofreram exposição a agentes nocivos à saúde – o médico entra nesse tipo de categoria.

Com a Reforma da Previdência, aprovada no Senado no final do ano passado, houve mudanças nos critérios para ter direito ao benefício.

Antes da Reforma da Previdência, esse benefício era assegurado a quem, após o tempo mínimo de contribuição de 25 anos e sem restrição de idade, foi exposto a riscos biológicos, químicos e físicos.

Agora, além do tempo de contribuição, é preciso ter 60 anos para se aposentar.

O médico, a princípio de qualquer especialidade, se enquadra nesse modelo, por exercer atividades insalubres e estar, constantemente, sujeito à contaminação e a outros perigos.

Ao falar das vantagens da aposentadoria especial, leva-se em consideração as diferenças dessa opção em relação aos tipos tradicionais – por idade, por tempo de contribuição ou por regra de pontos.

Esse modelo é sempre o melhor, visto que o tempo de contribuição é reduzido para 25 anos e a idade mínima para 60 anos.

Para o funcionário público que iniciou a carreira antes de 2003, a melhor opção será a aposentadoria por integralidade e paridade, ou seja, pelo modelo tradicional.

A lei estabelece que a escolha ideal é aquela mais vantajosa quando se dá entrada na aposentadoria, e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é obrigado a fazer essa orientação.

Planejar o futuro

Para Marcia Bonorino, a melhor atitude que o médico pode tomar em relação à sua aposentadoria, é iniciar um planejamento previdenciário cedo, com o suporte de um advogado previdenciarista.

Confira o que a especialista disse sobre o tema durante a nossa live:

Webnário sobre a aposentadoria do médico

O escritório da advogada promoverá, no dia 20 de outubro, um webnário gratuito sobre a aposentadoria do médico. Veja como participar:

Veja também em News…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Oi, posso te ajudar?