falta de ética em assuntos de saúde

O paciente e o Código de Defesa do Consumidor

O paciente e o Código de Defesa do Consumidor

Eticamente, o médico não pode se utilizar dos meios de comunicação para divulgar métodos e tratamentos que não tenham reconhecimento científico para ampla utilização. A participação ao divulgar assuntos profissionais deve ter a conotação de esclarecer e educar a comunidade. Hoje, quem desrespeita este princípio esquece-se que o paciente é…

Nenhum profissional de saúde está livre da influência inconsciente nas decisões

Nenhum profissional de saúde está livre da influência inconsciente nas decisões

Médicos, a exemplo de juízes e do pessoal do TCU, gostam de defender-se de insinuações de conflito de interesses apelando para a razão. Médicos, a exemplo de juízes e do pessoal do TCU, gostam de defender-se de insinuações de conflito de interesses apelando para a razão. Com efeito, nenhum profissional…

Sites ferem o código de ética do Conselho de Odontologia

Sites ferem o código de ética do Conselho de Odontologia

Os sites de vendas coletivas, além de práticos, geram grande economia para o comprador. Em alguns casos, os descontos podem chegar a 90%.  Tratamentos estéticos, pacotes turísticos, celulares e uma vasto cardápio gastronômico estão entre os itens mais procurados, segundo Daniel Funis, diretor de marketing do site Groupon. No mercado…

Pauta incauta

Pauta incauta

Em número cada vez maior, as informações da área saúde que chegam aos jornais de grande circulação ou especializados demonstram desconhecimento das regras para divulgação de assuntos médicos. Conhecidos como releases (variante da denominação em inglês press-release), os textos produzidos por assessorias de imprensa e assinados por jornalistas ou relações…

Translate »