Marketing pessoal para o profissional de saúde

Marketing pessoal para o profissional de saúde

Marketing pessoal para o profissional de saúde

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Acompanhe os pacientes –  Mantenha um bom cadastro dos pacientes e procure manter um contato permanente. Por exemplo: se sai um artigo em uma revista científica sobre uma doença que ataca seus pacientes, coloque o artigo em linguagem acessível e envie a eles pelo correio.

Ouça mais – Hoje, com tanta tecnologia, prefere-se fazer uma batelada de exames a praticar o velho hábito de ouvir o paciente exaustivamente. O médico humano e afetivo, que ouve o paciente com toda a atenção, está sendo requisitado.

Seja encontrável- Coloque no seu cartão o telefone de sua residência e de seu celular. Em vez de temer pela invasão de privacidade, esclareça o paciente que está lhe dando algo da sua intimidade porque está confiando que ele só irá usar se precisar de verdade. Principalmente se você for cirurgião, é importante para deixá-lo mais seguro. Não que ele vá ligar, mas ele sabe que, se precisar, vai ter como encontrá-lo. Faz parte da profissão estar à disposição do paciente – afinal, ele não pode passar mal de madrugada?

Lembre os esquecidos – Em determinadas doenças o paciente precisa vir com frequência ao consultório. É o caso do glaucoma, por exemplo. Se você percebe que o paciente não aparece há mais de seis meses, ou que não veio fazer o exame de campo visual recomendado, telefone. Mostre preocupação com a saúde dele.

Seja pontual – Essa história de que o bom médico tem o direito de ser impontual e atrasar consultas é balela. Atender na hora gera respeito, e aí seus pacientes também não vão chegar atrasados.

Crie brechas na agenda – Deixe uma folga de 15 minutos na agenda a cada dois ou três pacientes: assim você pode dispensar mais tempo para aquele que precisa de mais atenção sem atrasar o resto do dia.

Não se sobrecarregue – É bom criar uma folga na agenda para “desligar” um pouquinho. Aparentemente você estará perdendo dinheiro. Mas essa folga fará com que você chegue ao final do dia menos cansado – e seus pacientes, melhor atendidos, ficarão mais satisfeitos.

A melhor propaganda… É prestar um bom serviço. Ser pontual e preocupado com o paciente antes, durante e depois. Manter uma boa relação com ele requer tempo, administração, perseverança, boa vontade e gostar de pessoas.

Por Márcia Wirth

(reprodução autorizada com créditos)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »