Escolha uma Página

Atitudes que mantêm o seu marketing pessoal em alta

22 de julho de 2019

Que o mundo corporativo ganha a cada dia novos contornos não há discussão. Mas a forma como as pessoas se relacionam precisa ser redesenhada. Isto faz com que os profissionais de hoje busquem novas formas de relacionamento com chefias, pares e colaboradores para enfrentar os desafios que se impõem no novo mundo dos negócios.

Para alcançar o resultado esperado pela organização onde trabalha, o profissional precisa saber manter pelo menos quatro fortes características: saber se comunicar, construir sua reputação, estabelecer sua networking e ter compaixão como valor. Desta forma, ele estará reunindo habilidades que possibilitam sua visibilidade frente à equipe, à empresa e ao mercado.

  • Comunicação: adaptabilidade, clareza e eficiência na comunicação se traduzem em demonstração de flexibilidade e competência profissional. Perceber o meio em que está inserido e se adaptar à percepção e ao nível de conhecimento de seu interlocutor é o caminho para ser bem entendido na sua comunicação. É preciso ser claro e verdadeiro no que diz – até para não ser revelado contraditoriamente pela “fala do corpo”.
  • Reputação: reputação é conquista. E para o profissional ser bem-sucedido é preciso buscar ser referência no que faz, ter autenticidade, carisma e, principalmente, ter elevado envolvimento com as suas atividades e projetos. Pessoas engajadas são sempre bem-vindas e valiosas para as organizações.
  • Networking: estabelecer a networking (rede) é a forma do profissional criar a sua ponte com o meio externo e obter conhecimento de parceiros estratégicos. É também a possibilidade de reciclagem contínua com a troca de experiências múltiplas. Quem desenvolve a sua networking tem sempre olhos e ouvidos abertos às novidades do ambiente empresarial.
  • Compaixão: como cita Tim Sanders, executivo do Yahoo! e especialista em marketing de relacionamento, ter compaixão é uma forma de criar compromisso – o que ajuda você a ampliar seus conhecimentos e relacionamentos. No mesmo momento em que as empresas repensam seus papéis sociais, as pessoas também evoluíram para um processo de revisão sobre suas missões pessoais. Ser socialmente responsável permite ao profissional de hoje ter contato com os mais valiosos conceitos do meio empresarial. O exercício da liderança e o aprendizado do trabalho em equipe são alguns exemplos. Com a prática diária dessas quatro atitudes, o profissional estará atualizado e alinhado com o perfil valorizado pelo meio empresarial, facilitando, assim, sua permanência nas organizações e perpetuidade no mercado.

Paulo Clemen é estudioso de ambientes organizacionais, diretor da Casa do Cliente Comunicação 360º e Master Business Administration (MBA) Marketing – COPPEAD – UFRJ

Veja também em News…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Oi, posso te ajudar?