Escolha uma Página

Como utilizar as novas tecnologias de comunicação para melhorar a relação com os pacientes?

16 de agosto de 2017

Neste mundo moderno e mudado, o médico precisa trabalhar e desenvolver a sua capacidade de comunicação para lidar com mais facilidade com os novos paradigmas sociais.  Apostar na publicidade não resolve para este profissional, pois a propaganda não conscientiza, não cria valores. Anúncios não informam o paciente. O novo consumidor-paciente é levado ao consultório pelo convencimento, pela razão.

Aprimorar e investir na comunicação da clínica, do consultório e na própria comunicação interpessoal influi positivamente neste processo, pois desperta o entendimento do paciente, transmite conceitos e informações adequadas à sociedade, conquista o consumidor-paciente pela consciência.

A Internet é hoje a maior ferramenta de comunicação, não somente para profissionais da comunicação ou internautas amadores, mas  também para todos os que possuem e os que não possuem  um computador. Numa diferença de apenas 10 anos, a Web1, que tinha 250 mil sites e 80 milhões de usuários, sendo a maioria deles leitores, porque o perfil da Web era do tipo Top/Down – com as empresas criando seus conteúdos e os usuários apenas lendo-os, de forma passiva, no máximo mandando uma informação que seria respondida dias depois – transformou-se na Web2. Dez anos depois são 45 milhões de sites; 1 bilhão de usuários, sendo a maior parte deles de construtores de sites.

Enquanto na Web1, a preocupação maior das empresas era apenas com a construção e a manutenção de sites, ou seja, com a tecnologia, com a Web2, a interação passou a ser o mais importante ativo entre a empresa e o seu público consumidor. Portanto, “se o doutor não sabe lidar bem com o computador”, se o sistema da sua clínica está sempre fora do ar, se você não responde aos e-mails dos pacientes ou se eles nem mesmo conseguem marcar uma consulta por meio do seu site, fique atento, preocupe-se e tome uma atitude para que sua clínica ou o seu hospital não desapareçam.

Todos os profissionais de Saúde estão obrigados a conhecer esta nova realidade virtual e a conversar com este novo público, quer queiram, quer não. Este é o momento do médico, do dentista e do psicólogo ouvirem o que a mídia social anda falando de sua marca e de seus serviços para poder atendê-los na hora, pois eles não são acostumados a ficar esperando dias por uma informação.

Os profissionais de Saúde que não dedicarem tempo e importância à Web2 podem perder o rumo do sucesso empresarial, pois serão vencidos por seus concorrentes. No terceiro milênio, não há como imaginar um médico, um dentista, uma clínica ou um hospital isolados, convivendo numa sociedade dinâmica, onde as pessoas trocam milhares de informações por dia.

Por Márcia Wirth

(reprodução autorizada com créditos)

Veja também em News…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Oi, posso te ajudar?